10 Dias de Oração
Consolo e Esperança em Deus

 

 

 

10 DIAS DE ORAÇÃO – PRIMEIRO DEUS NA FAMÍLIA

26/02 – Tema 05

Consolo e Esperança em Deus

O QUE ESTE MUNDO NOS OFERECE? – “Quanta tristeza existe em nosso mundo! Quanta aflição! Quanto pranto! Não é correto dizer aos que estão de luto: ‘Não chore! Não é certo chorar.’ Essas palavras pouca consolação trazem. Não há pecado em chorar. […]
Devemos encontrar nosso consolo em Jesus Cristo. Precioso Salvador! Ele sempre Se comoveu pelas aflições humanas […]. Apegue-se à Fonte de Suas forças” (Idade Não É Problema, p. 97).

O SENHOR NOS SUSTENTA NAS TRIBULAÇÕES – “Os desapontamentos, aflições e perplexidades, as perdas que sofremos, não nos devem separar de Deus, mas levar-nos para mais perto Dele. […]
“Simplesmente repouse em Jesus. Descanse Nele assim como uma criança cansada repousa nos braços de sua mãe. O Senhor Se compadece de você. Ele o ama. Os braços do Senhor o sustentam” (Filhas de Deus, p. 176).

NOSSO ETERNO COMPANHEIRO – “O Senhor considera nossas aflições. Com Sua graça e discernimento, mede e pesa cada uma. […]
“Ele está sempre vigilante, para distribuir, quando for mais necessário, novas e revigorantes bênçãos, força na hora da fraqueza, socorro na hora do perigo, amigos na hora da solidão, simpatia, humana e divina, nas horas de tristeza. Estamos a caminho do lar” (Filhas de Deus, p. 178, 179).

AS VIÚVAS – “Muita mãe viúva, com seus filhos destituídos de pai, está se esforçando valorosamente para levar seu duplo fardo, trabalhando tantas vezes muito além de suas forças a fim de conservar consigo seus pequeninos e prover as necessidades deles. Pouco tempo tem ela para os educar e instruir, pouca oportunidade de os rodear de influências que iluminem a vida deles. Ela necessita de ânimo, simpatia e auxílio positivo” (A Ciência do Bom Viver, p. 203).

OS IDOSOS – “Também os idosos necessitam da auxiliadora influência das famílias. Na casa de irmãos e irmãs em Cristo, é mais fácil haver para eles como que uma compensação da perda de seu próprio lar. Se incentivados a participar de interesses e ocupações domésticos, isso os ajudará a sentir que não deixaram de ser úteis. Fazei-os sentir que seu auxílio é apreciado, que há ainda alguma coisa para fazerem em servir a outros, e isso lhes dará ânimo ao coração, ao mesmo tempo que comunicará interesse a sua vida” (A Ciência do Bom Viver, p. 204).

OS MENOS FAVORECIDOS – “Os mais afortunados devem sempre desempenhar uma nobre e generosa parte em seu cuidado com os irmãos mais pobres, e dar-lhes também bons conselhos, e deixá-los então combater o combate da vida. Foi-me mostrado, porém, que repousa sobre a igreja um soleníssimo dever de cuidar especialmente das viúvas pobres, dos órfãos e dos inválidos” (Testemunhos Para a Igreja, v. 1, p. 274).

CASAIS SEM FILHOS – “Muitos que não têm seus próprios filhos poderiam fazer uma boa ação cuidando dos filhos de outros. […] Dediquem suas atenções às criancinhas, cujo caráter podem moldar segundo a semelhança divina. Ponham seu amor nos membros destituídos de lar da família humana. Vejam quantas dessas crianças vocês podem criar na doutrina e orientação do Senhor. Muitos seriam assim por sua vez beneficiados” (A Ciência do Bom Viver, p. 203, 204).

A DOR DA PERDA DE UM FILHO – “Ao relatar sua experiência, isto é, o falecimento de seu filho, e de como se prostrou em oração, submetendo sua vontade à vontade do Pai celestial, deixando com Ele a solução do caso, isso comoveu o meu coração de mãe. […]
O Senhor, porém, tem sido meu Conselheiro, e o Senhor lhe dará graça para suportar sua tristeza. Você indaga a respeito da salvação dos pequenos. A resposta está nas palavras de Cristo: ‘Deixem que os pequeninos venham a Mim e não os impeçam, porque dos tais é o Reino de Deus’ (Lc 18:16). […]
O Senhor muitas vezes me instruiu de que muitos pequeninos vão ser retirados antes do tempo de angústia. Veremos de novo nossos filhos. Vamos nos encontrar com eles e reconhecê-los nas cortes celestiais. Coloque sua confiança no Senhor, e não tema” (Filhas de Deus, p. 179, 180).

NO SENHOR NUNCA ESTAMOS SOZINHOS – “O Senhor prometeu ser um pai para os órfãos. Se vocês entregarem a Ele o coração, Ele lhes dará poder para se tornarem filhos e filhas de Deus. […] Deem o coração ao amável Salvador e façam apenas aquilo que é agradável aos olhos Dele. […] Lembrem-se de que o Senhor os ama, e que cada um de vocês pode se tornar um membro da família de Deus. Se forem fiéis aqui, quando Ele vier nas nuvens do céu, vocês encontrarão seu pai, e serão novamente uma família unida” (Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 265).
“Em todos os tempos e lugares, em todas as dores e aflições, quando a perspectiva se afigura sombria e cheio de perplexidade o futuro, e nos sentimos desamparados e sozinhos, o Consolador será enviado em resposta à oração da fé. As circunstâncias podem nos separar de todos os amigos terrestres; nenhuma, porém, nem mesmo a distância, pode nos separar do Consolador celestial. Onde quer que estejamos, aonde quer que vamos, Ele Se encontra sempre à nossa direita, para apoiar, suster, erguer e animar” (O Desejado de Todas as Nações, p. 669, 670).

NO SENHOR HÁ CONFORTO – “Sinto, minha irmã, que você está aflita e triste. Mas Jesus, o precioso Salvador, vive. […] Quer que você se conforte com o amor Dele. […] confie no Senhor. Lembre-se de que nem um pardal cai no chão sem que nosso Pai celestial perceba. […] “Abra as janelas da alma para o Céu, e deixe entrar a luz do Sol da Justiça” (Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 266, 267).

NOSSA BENDITA ESPERANÇA – “Alegro-me por saber que Jesus, nosso Salvador, virá em breve, e que então poderemos nos reunir, todos, ao redor do grande trono branco. […] Talvez tenhamos que passar por cenas dolorosas, mas estaremos seguros se ocultarmos nossa vida com Cristo em Deus” (Filhas de Deus, p. 177).

VITÓRIA FINAL – “O Doador da vida vem para quebrar as cadeias da sepultura. Ele trará para fora os cativos e proclamará: ‘Eu sou a ressurreição e a vida’ (Jo 11:25). “Quando eles acordarem, todo o sofrimento terá passado. […] As portas da cidade de Deus se revolvem sobre seus gonzos, […] e os resgatados de Deus entram pelo meio de querubins e serafins. Cristo lhes dá as boas-vindas e põe Sua bênção sobre eles” (Mensagens Escolhidas, v. 3, p. 430, 431).

MOTIVO DE ORAÇÃO – Ore para que Deus console seu coração e, assim, você leve o consolo divino àqueles que sofrem.

#PrimeiroDeus – #rpsp Marcos 4 / O Desejado de Todas as Nações, cap. 14 – #LESAdv

SAIBA MAIS EM
adv.st/10diasoracao