10 DIAS DE ORAÇÃO
DO LAR PARA A MISSÃO

10 DIAS DE ORAÇÃO – PRIMEIRO DEUS NA FAMÍLIA

28/02 – 7º DIA

DO LAR PARA A MISSÃO

NOSSO PRIMEIRO DEVER – “Cumpre-nos a nós, como pais e como cristãos, conduzir nossos filhos na direção correta. Devem eles ser guiados cuidadosa, sábia e ternamente nos caminhos do ministério cristão. Temos para com Deus o sagrado compromisso de criar nossos filhos para o serviço Dele. Rodeá-los de influências que os induzam a escolher uma vida de serviço e dar-lhes o devido preparo é nosso primeiro dever” (O Lar Adventista, p. 484).

DEUS TEM UM PROPÓSITO PARA NOSSOS FILHOS – “O propósito de Deus para com os filhos que crescem em nossos lares é mais amplo, mais profundo e mais elevado do que nossa visão restrita tembcompreendido. […] O mundo todo se está abrindo à mensagem do evangelho. […] de toda parte deste nosso mundo, vem o clamor de corações feridos que anseiam conhecer o Deus de amor. […]

Recai sobre nós, os que recebemos esse conhecimento, e sobre nossos filhos, a quem o podemos transmitir, a responsabilidade de atender ao seu clamor. A toda casa e escola, a todo pai, professor e criança sobre quem resplandeceu a luz do evangelho, impõe-se, neste momento crítico, a pergunta feita à rainha Ester naquela ocasião especial da história de Israel: ‘Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha?’ (Et 4:14, NVI)” (Educação, p. 262, 263).

TODOS PODEM SER MISSIONÁRIOS – “Nem todos podem ir a terras missionárias estrangeiras, mas todos podem ser missionários entre os familiares e vizinhos. Há muitas maneiras pelas quais os membros da igreja podem dar a mensagem aos que estão ao redor. Uma das maneiras mais bem-sucedidas de fazer isso é o viver cristão prestativo e altruísta. […]

“Há um vasto campo de serviço para as mulheres, assim como para os homens. […] Mesmo as crianças devem ser ensinadas a fazer algum serviço de amor e misericórdia pelos menos afortunados do que elas” (O Lar Adventista, p. 485).

UNIDOS PARA O SERVIÇO – “Pais, seus filhos devem ser sua mão auxiliadora, aumentando sua capacidade e habilidade para trabalharem para o Senhor. Os filhos são os membros mais novos da família do Senhor.

Devem ser levados a consagrar-se a Deus […].
Devem ser ensinados que todas as suas faculdades do corpo, mente e alma Lhe pertencem. Devem ser instruídos para ajudar generosamente em várias áreas de serviço. Não permitam que seus filhos sejam empecilhos. Com vocês, devem os filhos partilhar os encargos tanto espirituais como físicos. Ajudando outros, aumentam a própria felicidade e utilidade” (O Lar Adventista, p. 485, 486).

DISCIPULANDO AS NOVAS GERAÇÕES – “Deus deseja que cada criança, mesmo de tenra idade, seja Seu filho, seja adotada em Sua família. Jovens como possam ser, deve a juventude fazer parte da família da fé e ter uma experiência muito preciosa. […]

“Deseja [Deus] que sejam Seus pequenos missionários, negando suas próprias inclinações e desejos de prazeres egoístas para prestarem serviço para Ele; e esse serviço é justamente tão aceitável a Deus quanto o dos de mais idade” (O Lar Adventista, p. 486, 487).

MÉTODO MAIS EFICIENTE – “Por preceito e exemplo devem os pais ensinar os filhos a trabalhar pelos não convertidos. Devem as crianças ser tão educadas que simpatizem com os idosos e aflitos e procurem aliviar os sofrimentos dos pobres e angustiados. Devem ser ensinadas a serem esforçadas no trabalho missionário; e já nos seus mais tenros anos devem aprender o desprendimento e o sacrifício pelo bem de outros e pelo progresso na causa de Cristo, para que possam ser colaboradores de Deus.

“Ensinem os pais a seus pequenos a verdade como é em Jesus. As crianças na sua simplicidade repetirão a seus companheiros aquilo que aprenderam” (O Lar Adventista, p. 487).

PLANOS SÁBIOS CAPAZES DE MOTIVAR PARA O SERVIÇO – “Concebam os supervisores da igreja planos por cujo meio possam os jovens ser treinados no uso dos talentos que lhes foram confiados. […] Apliquem os pastores todo o seu engenho na idealização de planos em que os membros mais jovens da igreja possam ser induzidos a com eles cooperar no trabalho missionário. Mas não imaginem que possam despertar-lhes o interesse simplesmente com pregar um sermão longo na reunião missionária. Imaginem planos que despertem vivo interesse” (O Lar Adventista, p. 487).

APESAR DOS OBSTÁCULOS – “Deus pede que famílias cristãs vão para localidades que estão em trevas e erro, e trabalhem sábia e perseverantemente para o Mestre. Para atender a esse chamado exige-se abnegação. Enquanto muitos esperam que sejam removidos todos os obstáculos, almas estão morrendo sem esperança e sem Deus no mundo.

“Uma grande obra poderia ser realizada caso se estabelecessem nos lugares em trevas, onde o povo se acha envolto em sombras espirituais, famílias mediante as quais irradiasse a luz de Cristo” (O Lar Adventista, p. 488, 489).

ENSINADOS PARA TESTEMUNHAR – “Nas cenas finais da história deste mundo, muitas dessas crianças e jovens encherão de admiração o povo pelo seu testemunho em favor da verdade, o qual será dado de modo simples, no entanto, com Espírito e poder. Foi-lhes ensinado o temor do Senhor, e o coração foi abrandado por um estudo cuidadoso da Bíblia acompanhado de oração. No futuro, muitas crianças serão revestidas do Espírito Santo e farão para proclamar a verdade ao mundo uma obra que, naquela ocasião, não poderá ser feita pelos membros mais velhos das igrejas” (Fundamentos do Lar Cristão, p. 144).

MOTIVO DE ORAÇÃO – Ore para que sua família use seus dons no cumprimento da missão.

#PrimeiroDeus – #rpsp Marcos 6 / O Desejado de Todas as Nações, cap. 14 – #LESAdv